Home
Ouvir Emissão!
Quem somos
Onde estamos
Fotos
Programas
Discos Pedidos
Fórum
Estatuto Editorial
Infor Barroso
 
<em><H3 ALIGN=CENTRE> Mário Jardel</H3></em>

 

Mário Jardel

O conhecido ponta-de-lança Mário Jardel, esteve de passagem por Montalegre, e marcou presença, num jantar de homenagem, promovido pelo C.D.C.Montalegre onde estiveram jogadores do clube, e admiradores de Jardel.

Jardel participou nos treinos do CDCM, na piscina do Hotel, seguindo-se o jantar, onde foi presenteado, por João Abreu, com duas bolas assinadas pelos jogadores dos clubes, onde o jogador brilhou: F.C.Porto e S.C.Portugal. O super Mário mostrou-se sensibilizado, e colocou lá a rubrica que faltava: a sua.

Recorde-se que Mário Jardel chegou em 1996 ao FC Porto, vindo do Grémio de Porto Alegre, e tornou-se um mito. Melhor marcador do campeonato quatro anos consecutivos, marcou pelos dragões 130 golos em 125 jogos. Melhor marcador da Liga dos Campeões 1999/2000, chamou a atenção de vários clubes europeus e acabou indo para o Galatasaray da Turquia, vencedor da Taça UEFA esse mesmo ano, e que tinha um ambicioso projecto europeu. Venceu a Supertaça Europeia marcando dois golos ao Real Madrid, foi campeão turco, marcou 22 golos em 24 jogos. Não se adaptou à Turquia e regressou a Portugal, desta feita ao Sporting. Foi mais do mesmo. Campeão em 2001/2002, melhor marcador com 41 golos na liga dessa época. A partir de 2003 Jardel vê o seu mundo mudar, sofrendo profundas alterações na estrutura profissional, familiar e social. ,Em entrevista à Radio Montalegre, Jardel afirma : « Estou à espera de algum contrato. Se tivesse alguma proposta, ficava em Portugal, mas os seres humanos são complicados e olham muitas vezes só para o lado mau. Mas estou a dar a volta e a treinar para estar preparado quando surgir a oportunidade."

Nesta passagem, a Rádio Montalegre, realizou uma entrevista com o jogador, onde percorreu os tempos de menino no Brasil, a importância do desporto na família, os títulos que conquistou, e como é dar a volta depois de uma reviravolta, uma vez que à alguns meses assumiu a dependência de drogas e a sua vontade em levar a recuperação até ao fim, o jogador tem contado com o apoio incondicional da companheira, Tatiana.

Uma conversa, onde Mario contou o segredo para ter chegado onde chegou, deixou conselhos para quem ambiciona o mundo do futebol, lamentou nunca ter realizado o sonho de jogar num grande clube, como o Real Madrid, por exemplo. A entrevista pode ser ouvida na integra dia 5 de Dezembro, no programa Vozes do Povo das 12h00 às 13h00, repete Domingo das 10h00 às 11h00.


.


© centrobarrosao.com

EM DESTAQUE